Notícias

Comitê do Fogo lança Operação Integrada de Fiscalização a Incêndios Florestais

10/10/2018 - Nara Moura/Governo do Tocantins

Dando continuidade aas ações de prevenção e combate às queimadas, o Comitê Estadual de Combate a Incêndio Florestal e Controle de Queimadas no Estado do Tocantins (Comitê do Fogo) lança, nesta terça-feira, 21, a Operação Integrada de Fiscalização aos Incêndios Florestais na Capital. O lançamento acontece no pátio do Quartel do Corpo de Bombeiros, Quadra 403 Sul, Avenida LO 09, com NS 05, às 8h30, pista do antigo Aeroporto em Palmas e contará com a participação das instituições apoiadoras ou envolvidas diretamente com a área de fiscalização às queimadas no Estado.

A operação contará com o apoio do helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas do Tocantins (Ciopaer) da Secretaria de Segurança Pública (SSP). “O helicóptero tem alcance e visibilidade maiores e a capacidade de chegar de maneira mais rápida em locais íngremes, ajudando também a autuarmos os infratores que insistem em cometer esse crime [queimadas] contra o meio ambiente”, explicou o presidente do Comitê do Fogo e superintendente da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec-TO), tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo.

As instituições do Comitê do Fogo que apoiam ou estão envolvidas diretamente envolvidas com as ações de fiscalização às queimadas são Ministério Público Estadual (MPE), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Batalhão de Polícia Ambiental Estado do Tocantins (BPMA-TO), Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), 22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro, Guarda Metropolitana de Palmas (GMP)  Ambiental, Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMA) de Palmas.  

Serra do Lajeado

A Operação Integrada de Fiscalização aos Incêndios Florestais, na Capital, atuará, principalmente, no Parque Estadual do Lajeado que sempre sofre com as queimadas nesse período de seca e baixa umidade no Estado.

“A fiscalização é de suma importância para a prevenção e combate às queimadas e a ação integrada busca alcançar resultados mais satisfatórios e eficazes nesse sentido”, finalizou o tenente-coronel Primo.

O parque trata-se de Área de Proteção Ambiental (APA) e possui uma área total de, aproximadamente, 10 mil hectares.

Além da operação, o Comitê do Fogo também continua desenvolvendo outras ações de prevenção e combate às queimadas como a capacitação de brigadistas, o Dia “D” nos municípios tocantinenses e também um trabalho de sensibilização junto às prefeituras para que contratem seus próprios brigadistas.