Notícias

Comitê do Fogo realiza balanço parcial sobre ações de prevenção e combate a incêndios no Estado

10/10/2018 - Nara Moura/Governo do Tocantins

Na última quinta-feira, 02, o Comitê Estadual de Combate a Incêndio Florestal e Controle de Queimadas no Estado do Tocantins (Comitê do Fogo) divulgou balanço parcial das ações desenvolvidas e ainda em desenvolvimento sobre as ações de prevenção e combate a incêndios no Estado. O balanço foi divulgado durante reunião ocorrida na sala do Centro de Monitoramento da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec/TO). 

“Iniciamos as ações com a parte educativa, de prevenção e de conscientização incluindo o Dia “D”. A reunião teve o objetivo de fazer um balanço de tudo que foi estabelecido e como estava cada ação. Agora, estamos intensificando e fortalecendo as ações de combate e fiscalização para que possamos coibir os incendiários de provocarem ainda mais incêndios no nosso Estado”, explicou o presidente do Comitê do Fogo e superintendente da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cepdec-TO), tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo, dizendo que a oportunidade também serviu para que as instituições que compõem o comitê apresentassem o andamento das ações de suas responsabilidades.    

Durante a reunião foram apresentados os comparativos de focos de queimadas em todo o Tocantins. Até o dia 02 de agosto o Estado registrou, ao todo, 3376 focos de queimadas, 34,3% a menos que no período em 2017 quando foram registrados 5137 focos.

O município com maior número de focos de queimadas é Lagoa da Confusão, região oeste do Tocantins, que este ano já registrou 440 focos, também com uma redução de 24,7% se comparada ao mesmo período em 2017, onde foram registrados 584 focos. Em segundo lugar fica Formoso do Araguaia com 413 focos de queimadas em 2018.  

Segundo monitoramento da Cepdec-TO, foram registrados 32 focos de calor em áreas de assentamentos, 745 em terras indígenas, 620 em unidades de conservação, 379 em rodovias e quatro em áreas urbanas.

Dia “D” de Prevenção às Queimadas e Incêndios Florestais

A reunião também fez um balanço sobre a realização do Dia “D” de Prevenção às Queimadas e Incêndios Florestais nos municípios tocantinenses já vistados. Foram visitadas um total de 946 propriedades em 08 cidades: Palmas (345); Formoso do Araguaia (90); Lagoa da Confusão (109); Ponte Alta (95); Rio Sono (45); Pium (107); Mateiros (93); Paranã (62). A ação ainda será realizada em Lizarda, Almas e Santa Rita do Tocantins.

Formação de brigadistas

A reunião mostrou ainda um balanço da formação de brigadistas efetivada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) por meio da Cepdec-TO, nos municípios.

Atualmente, o Tocantins conta com 200 brigadistas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama); 60 do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e 74 brigadistas das prefeituras de Palmas (16), Araguaína (7), Colinas do Tocantins (7), Paraíso do Tocantins (8), Gurupi (9), Lajeado (13) e a Brigada Anjos da Selva de Talismã (14), além do próprio efetivo do CBMTO.  

Brigada 199

Criado pela Coordenação de Telecomunicações e Informática do CBMTO com o objetivo de mapear as queimadas e os incêndios florestais em todo o Estado, o aplicativo ‘Brigada 199’, registrou, somente em 2017, aproximadamente, 900 ocorrências.  

Segundo o sargento João Paulo Souza Paiva, criador do aplicativo, a ferramenta é fácil de ser utilizada. “É bem simples e pode ajudar a monitorar os desastres ambientais em todo o Tocantins”, disse o bombeiro militar.

Disponível para smartphone android, no Google Play, o aplicativo já recebeu, até o momento, 500 downloads. Além do cadastro das ocorrências, o aplicativo também visualiza as ocorrências, registradas no mapa, e realiza o cadastro de brigadistas, brigadas e cursos.

“Serve para que todas as instituições envolvidas no combate aos incêndios registrem todas as ocorrências atendidas, autorizações de queimas e o manejo integrado do fogo” disse o tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo.

Instituições

Além da Cedec-TO, também participam do Dia “D” a de Prevenção às Queimadas e Incêndios Florestais nos municípios do Estado a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh); o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec); o Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (Cemaf); a Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema); o Batalhão de Polícia Ambiental Estado do Tocantins (BPMA-TO) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por meio do Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo).