Notícias

Comitê do Fogo avalia ações contra queimadas e decide reparar danos em área verde com plantio de mudas

18/10/2019 - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

Representantes dos órgãos que integram o Comitê Estadual do Fogo se reuniram na manhã desta quinta-feira, 17, para avaliar as ações de combate aos incêndios florestais no Tocantins. O evento ocorreu na sede da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), onde os integrantes destacaram o sucesso das atividades executadas em conjunto para debelar as chamas nas mais diversas regiões, em áreas de florestas, pastagens, cerrado e zona urbana.

O resultado parcial, segundo os órgãos, está sendo positivo e aponta situações que servirão para o planejamento das ações em 2020. “Temos a preocupação de estar melhorando a cada dia”, afirmou o tenente-coronel Geraldo da Conceição primo, presidente do Comitê do Fogo e coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual. O Dia D de prevenção foi uma das atividades executadas, chegando a mais de 2200 propriedades rurais em dezenove municípios prioritários do estado, com informações sobre a importância do manejo do fogo e da prevenção contra as queimadas.

"Alcançamos mais de 15 mil pessoas com as orientações e isso é muito positivo. Ainda tivemos palestras, britzen nas escolas, panfletagem e outras ações educativas desde maio, além da capacitação de 65 brigadas municipais, que dá mais de 700 brigadistas formados, com a maioria atuando contra o fogo numa atividade de primeira resposta”, Completou Primo.

Combate aos incêndios

O combate aos incêndios florestais ocorrem no Tocantins desde o começo de maio, nas cidades onde há sedes do Corpo de Bombeiros Militar, pelos militares da corporação.

E no período intenso de combate, houve apoio ainda de mais de 200 brigadistas do PrevFogo/Ibama, 60 brigadistas do Naturatins, brigadistas do ICMBio, mais de 700 brigadistas municipais treinados pela Defesa Civil Estadual e pelo Corpo de Bombeiros em 65 municípios.

Ainda houve o reforço das Forças Armadas, através da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, reforçando os trabalhos no Estado com o cumprimento da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), atendendo solicitação do governador Mauro Carlesse, ao Presidente da República. "O combate aos incêndios florestais requer muito esforço, dedicação e preparo dos nossos combatentes, essa ação que exige muito fisicamente. São uns verdadeiros heróis. E os bons resultados que alcançamos é fruto da união de esforços e da integração de todas as Instituições que compõem o Comitê do Fogo", destacou Geraldo Primo.

O tenente-coronel ainda enfatizou o papel desempenhado pela Força Tarefa de Fiscalização, que reune todos os órgãos de fiscalização em uma ação conjunta para reprimir as queimadas irregulares. Participam: Ibama, Naturatins, Batalhão Ambiental da Polícia Militar-BPMa, Delegacia do Meio Ambiente-DEMAG, Guarda Metropolitana – Ambiental, Fundação do Meio Ambiente, 22º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

“Os resultados são positivos, mérito dos órgãos de fiscalização que vêm desempenhado um excelente trabalho”, afirmou Primo.

A novidade para este ano é o plantio de mudas de árvores como forma de reparar os danos em área verde prejudicada pelo fogo em Palmas. “Um dos objetivos do Comitê do Fogo é este, de conscientizar, dar resposta no combate e reprimir quando extrapolam as recomendações. Essa ação de plantio, que vai ocorrer dia 20 de novembro, é uma forma de amenizar e reparar os danos causados pelos incêndios florestais que vai coroar o sucesso do nosso trabalho”, destacou o tenente-coronel.

As áreas a serem contempladas com vida mudas, bem como as espécies a serem plantadas, serão definidas pela Fundação Municipal de Meio Ambiente, pelo Naturatins e demais órgãos ambientais que integram o Comitê do Fogo.