Notícias

Defesa Civil Estadual divulga Balanço das Ações do Comitê do Fogo e homenageia parceiros

26/11/2019 - Luiz Henrique Machado

Foram divulgados na tarde desta segunda-feira, 25, no Auditório do Palácio Araguaia, em Palmas, os resultados das ações de prevenção e controle as queimadas e combate aos incêndios florestais de 2019. A iniciativa da Defesa Civil Estadual, por meio do Comitê Estadual de Prevenção e Controle de Queimadas e Combate aos Incêndios Florestais (Comitê do Fogo), ainda homenageou os órgãos que participam da parceria e dezenas de brigadistas que estiveram à frente dos trabalhos como combatentes.

Prefeitos, vereadores, secretários municipais estaduais, diretores de órgãos parceiros, bem como o vice-governador Wanderley Barbosa, também estiveram presentes.

Wanderley Barbosa elogiou o combate executado em todas as regiões do estado e reconheceu que a quantidade de focos registrados acende o alerta para as ações de prevenção. “Esse trabalho é um grande desafio para o governo”, disse.

O vice, inclusive, deu sinais de como o governo vai atuar e onde quer focar as ações. “[Ano que vem vamos] Iniciar as campanhas [de prevenção] mais cedo. O governo sabe o problema que são os focos por todas as regiões e queremos novamente a parceria com o governo Federal, com os municípios e com a comunidade. Precisamos das campanhas já em maio, com orientação às comunidades, escolas e vamos trabalhar para que esses números sejam regredidos, deem tranquilidade à população e mantenham nosso meio ambiente intacto”, completou Wanderley.

Foram dezenas as ações de prevenção, de fiscalização e de combate aos incêndios florestais em 2019, alcançando os municípios prioritário do Tocantins. Uma das principais ações de prevenção foi o chamado Dia D prevenção, que chegou a mais de 2.240 propriedades visitadas com milhares de produtores rurais orientados.

Ainda foram efetuadas blitzen educativas, oficinas de capacitação sobre o uso do fogo, palestras nas escolas e empresas, bem como a recuperação de áreas degradas pelas queimadas. Em 2019, 67 Prefeituras formalizaram parceria com a Defesa Civil Estadual para formação das Brigadas, chegando a 719 brigadistas capacitadas.

Numa outra ponta, além dos bombeiros militares, o PrevFogo/Ibama, o Naturatins, o ICMBio e as prefeituras também somaram forças, com mais de  530 brigadistas empregados. Essa quantia se somou a outros 138 homens do Exército Brasileiro, capacitados que reforçaram o combate juntamente com a Marinha do Brasil através da GLO na Operação Verde Brasil.

“Infelizmente, passamos por um ano de muitas queimadas.  Onde o fogo trouxe uma preocupação muito grande não só para o Tocantins, mas tivemos uma força-tarefa que trabalhou intensivamente com todos os órgãos e o combate foi muito efetivo. Hoje estamos em quarto lugar no ranking nacional justamente pelo trabalho intenso que todos. 
Conseguimos combater e manter uma situação de normalidade”, disse o coronel Reginaldo Leandro da Silva, comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar e Coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil.

Segundo o Comitê do Fogo foram mais 2.380 combates realizados em todo Estado somados a 1.516 registros queimadas controladas prescritas além de 84 quilômetros de aceiros construídos. As 47 ações de fiscalização feita pela Força-Tarefa, chegando a 13 autos de infração aplicados chegando a quantia de R$ 950.500,00 em multas.

Também foram aplicados ainda   131 autos de infrações com um valor de R$ 4.905.7890  em infrações relacionadas a carvoarias, desmatamentos e corte de árvores.

"São muitos os resultados positivos e isso se deve à integração existente entre todas as Instituições que integram o Comitê do Fogo. Estamos a cada dia fortalecendo ainda mais esse grupo para reduzir os danos causados pelos incêndios florestais, danos esses ao meio ambiente, a economia e a saúde da população. E aqui fica o nosso agradecimento a cada um que se envolveu, como órgão e como combatente nas diversas ações desenvolvidas”, disse o tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo, superintendente da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.