Notícias

Seminário: 50 municípios confirmam importância da integração e a contratação da Defesa Civil Municipal

28/11/2019 - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

Terminou às 12h desta quarta-feira, 27, o Seminário Estadual de Proteção e Defesa Civil. O evento ocorreu em Palmas, contando com a presença de 91 participantes representantes de 50 municípios do Tocantins. Na programação, os participantes tiveram uma série de temas relacionados as atividades de Proteção e Defesa Civil e ainda foi realizada a premiação dos municípios que contrataram e mais combateram focos de Incêndios florestais durante o período de estiagem este ano.

O Seminário foi realizado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil Estadual, com apoio da Energisa, que também faz parte do Comitê do Fogo. Vários foram os temas tratados durante o evento, a exemplo da importância das Coordenadorias Municipal de Proteção e Defesa Civil para os municípios, segurança em barragens, vistorias em edificações, trabalho integrado, atuação das Defesas Civis em todas as esferas de forma integrada, legislação e decretação de situação de emergência e estado de calamidade pública, ICMS Ecológico, entre outros.

“A nossa prioridade é fortalecer o sistema de Defesa Civil como um todo e para isso é primordial que as defesas civis municipais estejam criadas e capacitadas,  pois são nos municípios que os problemas acontecem e são essas Coordenadorias Municipais que conhecem esses problemas e dão a primeira resposta à população afetada e que necessita de ajuda”, pontuou o tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo, Superintendente da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil Estadual.

A cerimônia de encerramento do Seminário foi com a premiação dos sete municípios que mais combateram focos de incêndios florestais este ano e enviaram os relatórios para a Defesa Civil Estadual confirme Termos de Cooperação firmados pelos municípios. O destaque foi o município de Talismã, com 147 ocorrências atendidas. Como prêmio, a Defesa Civil Municipal ganhou um soprador (equipamento muito importante para o combate aos incêndios florestais). Uma bomba costal foi doada, como prêmio, aos outros seis municípios ganhadores: Lajeado, Miracema, Palmas, Peixe, Ponte alta do Tocantins e Chapada da Natividade.

Impacto

Ao se dirigir aos participantes, o coronel Reginaldo Leandro da Silva, Coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil, explicou que “é extremamente importante o município saber que Defesa Civil é investimento, e não despesa. E ela deve ser tratada com a devida seriedade”.

O coronel ainda defendeu a contratação das brigadas como ato indispensável. “Quando o município trabalha com a prevenção ele reduz os impactos e o número de focos de incêndios florestais. E a brigada de incêndio municipal deve ser contratada o mais cedo possível. É preciso que haja maior engajamento dos municípios para que a contratação dos brigadistas seja efetivada. Assim o município terá condições de dar a primeira resposta na prevenção e combate aos Incêndios, além de pontuar no ICMS Ecológico”, pontuou o coronel.

Representando Ponte Alta do Tocantins, Dircivania Marques Ribeiro, secretária de Meio Ambiente , afirmou que “esse evento é muito importante para a aproximação entre a Defesa Civil Estadual com as municipais”.  “É importante para que as Prefeituras entendam a função de cada um e mantenha a parceria com a Defesa Civil do Estado”, disse.

Ricardo Isaías, secretário de Defesa Civil de Araguaína também elogiou o Seminário. “Quero parabenizar a realização do evento, que é muito valoroso para nós que estamos nas regiões menores, nos informando sobre ICMS Ecológico, protocolo do fogo. Esse evento só vem ajudar os municípios com capacitação para a época das problemáticas e assim ter como atender a população”, concluiu.