Notícias

Primeiro dia de trabalhos do Dia “D” de Prevenção a Queimadas contabiliza 444 visitas nas zonas rurais

06/06/2019 - Thaís Ramalho/Governo do Tocantins 

A Defesa Civil do Estado do Estado do Tocantins contabilizou o total de 444 visitas realizadas no primeiro dia de trabalho do Dia “D” de Prevenção a Queimadas e Incêndios Florestais. A ação aconteceu simultaneamente em Palmas, Araguaína e Gurupi levando informações sobre mecanismos de prevenção acerca do manejo do solo e da construção de aceiros, bem como do uso legal do fogo e das possíveis aplicações da legislação para a repressão às atitudes irregulares. Só na Capital, a equipe levou os esclarecimentos a 319 propriedades. 

Nas visitas, foram utilizados 42 veículos e helicóptero. A intenção do Comitê de Combate a Incêndios Florestais e Controle de Queimadas no Tocantins (Comitê do Fogo) é que o Dia “D” alcance os municípios de Pium, Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Lizarda, Paranã, Arraias, Goiatins, Mateiros, Ponte Alta do Tocantins e Rio Sono, que foram ranqueados, negativamente, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe),como os municípios que mais queimaram, no Estado, no ano de 2018. A ação se estenderá, também, para as regionais da Defesa Civil e quartéis do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBMTO) durante todo o mês de junho e parte do mês de julho. 

O coordenador estadual da Defesa Civil e comandante-geral do CBMTO, coronel Reginaldo Leandro da Silva, comemorou o resultado do primeiro dia da força-tarefa que, segundo ele, é fruto da cooperação desenvolvida pelo Governo do Tocantins, por meio da Defesa Civil e parceiros. “Agradeço o envolvimento de todos no primeiro dia de trabalho e conclamo-os a estarem presentes nos municípios previamente definidos, que são locais críticos, os quais estamos focados em desenvolver, com excelência, os trabalhos de prevenção a queimadas e incêndios florestais a fim de nos prepararmos para o período de estiagem”, afirmou. 

De acordo com o coordenador-adjunto da Defesa Civil, tenente-coronel Geraldo Primo, o primeiro dia de trabalho superou as expectativas. “Pela primeira vez Araguaína e Gurupi realizaram o Dia “D” e nos surpreenderam por terem conseguido fazer uma grande mobilização. Isso mostra o empenho de todos nos trabalhos de conscientização”, frisou.
 
Interior

Em Araguaína, a equipe apurou 61 atendimentos. Para o coordenador regional da Defesa Civil e comandante do 2º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM), tenente-coronel Ciro Guimarães, o sucesso dos trabalhos não seria possível sem a colaboração dos parceiros. “Conseguimos visitar unidades familiares nas zonas rurais levando informações sobre os riscos e as penalidades relacionadas ao uso do fogo sem autorização. Dessa forma, não teríamos condições de fazer um trabalho com tamanha excelência sem o apoio dos municípios e dos demais parceiros”, ressaltou. 

Já em Gurupi, a equipe levou informações para 64 propriedades rurais. Conforme o coordenador regional e comandante do 3º BBM, tenente-coronel Maxuel dos Santos, por onde o grupo de trabalho passou, a população recebeu bem as informações. “De modo geral, todos gostaram bastante da ação e acharam importantes as dicas de prevenção. Esperamos que, a partir de agora, o município colha os frutos da operação”, disse. 

Dia “D”

As estratégias de sensibilização e de levar as possíveis aplicações da legislação para a repressão às atitudes irregulares atendem ao Decreto de Situação de Emergência Ambiental, anunciado na terça-feira, 5, que declara situação de risco de desastre ambiental resultante de queimadas e incêndios florestais nos dez municípios que foram ranqueados negativamente no índice de queimadas no ano passado, conforme o Inpe. 

Parceiros

São parceiros na ação a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil Estadual, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins (Adapec), Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Batalhão da Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED), Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), Bunge, Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (Cemaf/UFT), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins (CBMTO), Defesa Civil Municipal de Palmas, Defesas Civis Municipais do Interior, Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), Energisa, Exército Brasileiro, Fundação Municipal de Meio Ambiente de Palmas, Guarda Metropolitana de Palmas, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero),  Instituto de Terras do Tocantins (Itertins), Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Ministério Público Estadual (MPE), Secretaria de Estado da Comunicação (Secom),Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esporte (Seduc), Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Agricultura (Seagro).