Notícias

Tocantins: Energisa doa para Defesa Civil Estadual, equipamentos para otimizar serviço de prevenção e combate ao incêndio florestal

20/09/2019 - Luiz Henrique Machado

A Defesa Civil Estadual recebeu doação em equipamentos de combate a incêndios florestais que soma R$ 60 mil. A entrega foi realizada na manhã desta sexta-feira, 20, pela Energisa, concessionária responsável pela distribuição da energia elétrica no Tocantins.

A lista é composta por 10 sopradores costais (R$ 22.300,00), 18 bombas d´água costais (R$22.400,00) e um kit com um drone, um iPad,  um carregador e uma bateria extra (15.300,00).

A doação é definitiva, ou seja, o Corpo de Bombeiros Militar, por meio da Defesa Civil Estadual, não tem que devolver os equipamentos. Para a Energisa, esse é um reconhecimento à ação da corporação no combate aos incêndios em todas as coes do estado. Márcio Mário Zidan, diretor-presidente da empresa, revela que todos os anos há prejuízos com o fogo atingindo a rede elétrica.

“É uma parceria ganha-ganha. A Energisa é tão vítima quanto a população na questão das queimadas”, afirmou. Segundo Márcio, em 2019 houve aumento nos casos de problemas causados pelo fogo em todas as partes do Tocantins. “Quando o fogo atinge nossa rede, há um impacto também para a população, pois há ali sistemas de proteção que causam um desligamento automático para não ter defeito maior e faz com que a população fique sem energia”, justifica o diretor-presidente.

Os equipamentos serão distribuídos para os batalhões do CBM e assim vão auxiliar o trabalho da corporação. O drone, dotado de alta tecnologia de captação de imagem, será usado para visualização em sobrevoo nas áreas atingidas pelo fogo, e assim possibilitar a criação de estratégias das equipes no momento de combate.

“Essa parceria começa agora, e a gente espera que isso se renove ano após ano”, adiantou Márcio Mário.

O coronel Reginaldo Leandro da Silva, comandante-geral do CBM e coordenador Estadual da Defesa Civil, destacou a importância da parceria com a Energisa, e afirmou que os equipamentos chegam em boa hora. “Essa doação representa uma visão interessante, pois revela o entendimento de que todos somos penalizados com os incêndios e também, por outro lado, podemos cooperar para o combate. Só temos a agradecer a Energisa por isso”, disse o coronel.

Ainda, segundo o comandante-geral, é preciso que haja a mudança de cultura daqueles que agem ateando fogo. “Não há quantidade de equipamentos que faça frente se não houver uma mudança de cultura. Esperamos que o fogo seja substituído por boas práticas de manejo e outras formas em que ele não seja necessário”, pontuou Reginaldo Leandro.

Características

Os sopradores costais estão entre os equipamentos que mais se destacam no combate aos incêndios florestais na região do cerrado tocantinense. Pela característica da vegetação, do tipo gramínea, e pelo tamanho, peso e eficiência da máquina, há maior rapidez no controle da queimada, com um jato de ar sendo jogado afastando as chamas para o ponto onde há apenas as cinzas e, ao mesmo tempo, fazendo um aceiro jogando para longe o material que poderia continuar a queima.

Já as bombas costais, complementam o trabalho dos bombeiros militares, pois o jato de água gera o resfriamento das brasas que ficam no local onde o soprador acabou de passar. “Um completa o trabalho do outro com excelente resultado na ação de combate”, concluiu o coronel Leandro.