Notícias

Corpo de Bombeiros Militar forma nova turma de instrutores

02/12/2020 - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

Aconteceu na manhã desta terça-feira, 01 de dezembro, a cerimônia de formatura do Curso de Formação de Instrutores do Corpo de Bombeiros Militar. Quinze militares com variadas patentes e graduações se inscreveram e agora passam a compor o quadro dos que têm capacidade para colaborar com o sistema de ensino padrão da corporação. Os três primeiros colocados receberam mimos oferecidos pela instituição.

A ministração do curso começou dia 09 de novembro, totalizando 160 horas. A formação foi idealizada e planejada pelo tenente-coronel Cléber José Borges Sobrinho, diretor Operacional do CBMTO.

“Foram ministrados conteúdos teóricos e práticos em três disciplinas: técnica de ensino, onde a turma aprendeu a correlacionar os princípios andragógicos com o processo de ensino-aprendizagem (prenderam a ser professores); dinâmica e didática, aprendendo diferentes abordagens, principalmente a importância de um bom plano de aula, que subsidia as ações, e, por conta desses princípios andragógicos, aprenderam a ensinar aos alunos de que forma eles saberiam antes de o conteúdo ser administrado a que objetivo queriam chegar; estágio docente, que foi coroado pelo I Seminário do Curso de Instrutores Bombeiros Militar. Os alunos deram instrução nas suas unidades, fora delas e também realizaram palestra via Google Meet, contando com a participação do público de outros estados”, relatou o diretor Operacional.

A turma contou com bombeiros de todas as Unidades do CBM no Tocantins, o que representa um ganho importante, segundo avaliou o diretor de Ensino da corporação, major Nilton Rodrigues. "A gente trouxe diversos militares com variadas patentes, de variadas regiões, que já tinham conhecimento na área de ensino, para que, juntos, pudéssemos formatar uma metodologia para ser aplicada. Todos saem daqui preparados dentro de uma metodologia de valorização da pessoa, de troca de experiência, já que vão ensinar adultos”, relatou o major.

“Todas as nossas expectativas foram superadas, pois a turma vai gerar um conhecimento de qualidade lá na ponta, bem como um atendimento de qualidade para a nossa população”, completou o Nilton Rodrigues.

Três alunos foram selecionados no curso com as melhores notas. O mais bem colocado foi o sargento Rafael Maciel de Souza. Em sua palestra para a turma o sargento abordou sobre a tentativa de suicídio e as novas técnicas de abordagem à vítima. O tema e sua participação nas demais partes da formação ajudaram-no a conquistar a melhor pontuação.

“Fui pego de surpresa, pois eu não esperava isso”, disse Rafael. “Vejo o curso como um marco no Corpo de Bombeiros Militar, pois no meu caso, especificamente, tive a oportunidade de apresentar uma palestra com conteúdo que não é conhecido pelos colegas da corporação, que é a abordagem à tentativa de suicídio. Acredito que isso é um novo marco. A gente sabe que o suicídio é uma das principais causas de morte no Brasil e a tendência é aumentar nos próximos anos. E a gente precisa estar preparado para ajudar nisso, na negociação e fazer com as vítimas desistam do ato”, destacou instrutor recém-formado.

A cerimônia ocorreu na sede da Defesa Civil Estadual e teve também a participação do coronel Carlos Eduardo de Souza Farias, chefe do Estado Maior do Corpo de Bombeiros Militar. Em seu discurso, o coronel parabenizou o esforço de cada alunos e os resultados ao final a instrução.

“O curso é importante para que tenhamos o desenvolvimento de um processo, da padronização, da qualidade daqueles que estarão à frente e serão os formadores de novos bombeiros militares. Por outro lado, a gente tem a capacitação do nosso pessoal, desenvolvendo conhecimento, trazendo mais informação e isso também é de suma importância dentro da corporação”, frisou o comandante.