Notícias

Defesa Civil Estadual e Corpo de Bombeiros Militar apoiam os municípios na retirada de famílias de áreas inundadas no Bico do Papagaio

18/03/2020 - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

Equipes da Defesa Civil Estadual e Corpo de Bombeiros Militar atuam nos municípios de São Miguel e Araguanã, no extremo norte do Estado, onde as fortes chuvas elevaram o nível dos rios Lontras e Tocantins, deixando mais de 100 famílias desabrigadas ou desalojadas. O apoio chega por meio de veículos e embarcações que auxiliam na retirada dos atingidos pelas inundações ou alagamentos.

Em vários pontos do povoado Bela Vista, que fica no município de São Miguel, as ruas estão submersas e as casas com água no meio da parede. O trabalho dos bombeiros militares ocorre desde domingo, 15, ajudando equipes locais da Defesa Civil Municipal e da Prefeitura. 

Segundo a Defesa Civil Estadual, o povoado Bela Vista, que é banhado pelo Rio Tocantins, tem cerca de 100 famílias que tiveram que deixar suas casas, sendo vinte levadas para abrigos disponibilizados pela Prefeitura (escolas e ginásio de esportes), e outras oitenta estão nas casas de parentes e amigos.

“A região teve chuvas intensas nos últimos três dias, e há previsão de que vai continuar chovendo esta semana", relatou o tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo, Superintendente da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil Estadual.

O município de São Miguel do Tocantins faz divisa com Imperatriz - MA, e do lado tocantinense as divisas são com Sítio Novo e Praia Norte.

Araguanã

Em Araguanã, a situação não é muito diferente. A cidade é margeada pelo Rio Lontras e Rio Araguaia, que também recebeu a influência das águas da chuva e subiu muito acima do seu nível normal. Segundo o tenente-coronel Primo, mais 70 famílias estão fora de suas casas. Bombeiros militares atuam na localidade, juntamente com a Defesa Civil Municipal e servidores da prefeitura ajudando moradores a deixar os pontos alagados e buscar os abrigos disponibilizados pela Prefeitura.

Araguatins, Carmolândia e São Sebastião

Há registro de desabrigados também em Araguatins, Carmolândia e São Sebastião. As três cidades ficam às margens do Rio Araguaia, Lontra e Tocantins respectivamente, onde as águas subiram em algumas localidades e deixaram casas atingidas, impactando os moradores.

Nesses locais, a assistência está sendo dada pelos bombeiros da 3ª Companhia (Araguatins) e pelo 2º Batalhão (Araguaína) em apoio as equipes das Defesas Civis locais e Prefeituras.

A Defesa Civil Estadual tem atuado no monitoramento, na coordenação das ações e dando apoio técnico as Defesas Civis Municipais, aos municípios e equipes do Corpo de Bombeiros que estão em campo em todos os municípios atingidos.

Decretação de Situação de Emergência

O governo do Estado decretou nesta terça-feira, 17, no Diário Oficial, Situação de Emergências em dois municípios, em decorrência das enchentes, alagamentos e inundações que comprometeram a capacidade de reposta do Poder Público dos municípios afetados, dificultando a identificação precisa da intensidade dos desastres. A abrangência desse decreto alcança os municípios de Araguanã e São Miguel do Tocantins, na área do Povoado de Bela Vista.

A Defesa Civil Estadual recomenda à população afetada por essas inundações e alagamentos que antes de tudo é salvar e proteger a própria vida, a de familiares e amigos. Se precisar retirar algo de sua casa, após a inundação, peça ajuda à Defesa Civil ou ao Corpo de Bombeiros; coloque documentos e objetos de valor em um saco plástico bem fechado e em local protegido. Nunca se deve beber água de enchente ou comer alimentos que estiveram em contato com as águas da inundação.

Orienta ainda sair do local inundado e procurar abrigo onde a família possa se alojar, como casa de parentes e amigos. Em casos como esse, o poder público disponibiliza alojamentos e casas de abrigo para população afetada. Entre em contato com a Defesa Civil local ou ligue para emergência 199 (Defesa Civil) e 193 (Corpo de Bombeiros Militar).