Notícias

Online: em sua primeira reunião, Comitê Estadual do Fogo apresenta Plano de Ação 2020

22/04/2020 - Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins

Foi por meio da internet a primeira reunião dos membros do Comitê Estadual do Fogo. O encontro aconteceu nesta quarta-feira, 22, e teve início às 10h. Em pauta estavam as preocupações com o controle e combate aos incêndios florestais em 2020.

A ocasião serviu para o coronel Reginaldo Leandro da Silva, comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar e coordenador Estadual da Defesa Civil, apresentar ao grupo o tenente-coronel Erisvaldo Alves, novo coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual. Há poucos dias, Alves passou a substituir o tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo, que foi para a reserva.

O coronel Leandro presidiu o encontro e também disponibilizou aos demais membros do Comitê, o Plano de Ação Contra as Queimadas. O documento poderá receber adequações, com sugestões dos integrantes até segunda-feira, 27. A expectativa é que, no próximo encontro online, a versão final do documento seja apresentada e aprovada.

O comandante destacou a participação de cada integrante do Comitê e falou da importância de todos no trabalho voltado à prevenção e combate ao fogo. “Os incêndios florestais são problemas de todos nós e cada um pode fazer algo para conter esse mal. Cada cidadão é um agente de combate e esperamos ter um grande número nos apoiando”, afirmou.

Uma das estratégias para o novo período de atuação do Comitê vai ser o maior uso das Redes Sociais como forma de chegar à maior população. “Vamos trabalhar com mensagens que podem ser transmitidas via whatsapp e também Redes Sociais. Vimos que isso é interessante e pode dar um bom resultado”, destacou o comandante.

A reunião durou cerca de uma hora e meia e o tempo foi oportuno para que todos os integrantes pudessem se posicionar. E um dos temas relatados é a necessidade de um levantamento das localidades onde estão as fontes de água, como lagoas, rios, tanques de piscicultura e também piscinas, que poderão ser usados de forma mais fácil e rápida esse ano no combate às chamas.

A ideia é do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), que ano passado realizou centenas de lançamentos de água, numa contribuição de grande valia no combate ao fogo.

Uma das decisões do encontro é a realização de reuniões semanais, às quartas-feiras, às 10h. Sempre via internet, como forma de proteção contra o covid-19. Aliás, o novo coronavírus é o motivo do atraso nas ações contra as queimadas em 2020. Todo o planejamento teve que ser revisto, bem como as estratégias de campanha de conscientização da população na cidade e no campo.

O tenente-coronel Alves afirmou que a chagada do covid-19 mudou tudo e, como as pessoas não podem se reunir, até mesmo o lançamento do chamado Dia D de Combate ao Fogo, ainda não tem data para ser lançado.

“Mas a ideia é nos prepararmos, pois a gente sabe que nos meses quentes vai ter fogo. Então o Comitê já está se preparando para enfrentar essa outra situação”, afirmou.

Prorrogação

Uma das decisões que devem ser tomadas pelo Comitê Estadual do Fogo é a prorrogação da validade dos cursos de formação de brigadistas, que geralmente vale por um ano. Desta forma, esticando a validade, os profissionais poderão ser recontratados usando os mesmos certificados. “Mas o que não muda é a técnica de combate ao fogo”, disse Alves. “São várias estratégias que estão sendo estudadas e algumas serão adaptadas”, explicou o tenente-coronel.